sábado, 16 de fevereiro de 2008

Impressão em tecido

Eu tinha lido alguns comentários sobre a possibilidade de imprimir em tecido em impressoras caseiras a jato de tinta ou laser mas a primeira explicação detalhada e funcional que encontrei desta técnica foi aqui no blog Quilta e Borda.
Resolvi colocar aqui minha experiência e dicas para a técnica. O tal Bubble Jet tem uma explicação aqui, no site PatPatches. E o blog citado no final da explicação (Abeautifulcraft) não existe mais. A página dá erro e procurando no Google não consegui encontrar outro endereço válido.
Agora as dicas:
  • eu diluo sempre o amanciante que uso, que também é Comfort, então vale para esta receita também. Tentei com o amanciante sem diluir e o tecido ficou escorregadio demais e não passou na impressora. Compro a garrafa de 01 litro ou 500 ml e coloco quase a mesma quantidade de água.
  • já coloquei os tecidos cortados e também tentei com o tecido inteiro, cortando depois. Tanto faz.
  • para evitar que o tecido desfie, corto com tesouro de picote (na verdade, faço isso para tudo, sempre que possível).
  • para prender o tecido, usei o AVBond Paper do Ateliê Virtual Brasil, que já vem do tamanho de uma folha de impressão. Funcionou mais ou menos. O tecido não ficou muito bem preso, não sei se o calor do Rio de Janeiro atrapalhou o produto ou o quê. E também ficou muito leve e a impressora recusou. Então prendi todo o conjunto em uma folha branca comum de impressão para funcionar. Tudo preso com fita adesiva (a boa e velha fita Durex).
    Nunca encontrei o tal "freezer paper" para vender por aqui ou nas lojas brasileiras online. Mas tem outra versão, um tipo de entretela que também funcionar para dar estabilidade ao tecido na hora de imprimir, e é Heat'n Bond LITE que se encontra por aqui, mesmo sendo importado. Sei que tem na Lido Quilt e na Entrelinhas, por exemplo.
  • Depois da impressão, deixo o tecido quieto por outras 8 a 12 horas e depois passo pelo avesso para segurar a impressão.
Aqui tem duas amostras do que andei imprimindo: texto e um desenho.



14 comentários:

Miss Celânea disse...

Eu uso esse papel pra fazer stencil. Vai ser o proximo tutorial no Como Faz?


Flor
http://www.interney.net/blogs/comofaz/

Patrícia Lauria disse...

Mas é lavável? realmente fixa a impressão?

Agulhas Mágicas Crafts disse...

Nôssa! Adorei suas dicas, th a mesma dúvida da Patrícia, vc testou lavando?
Adorei seu blog,trabs lindos e dicas útei.

abs
Mone

Claudia disse...

O que sei é que a impressão a laser não sobrevive a lavagem mas a jato de tinta sim, porque a tinta penetra na trama do tecido. Mas não sei quantas lavagens aquenta ou se a quantidade de sapão em pó faz diferença. Acho que só testando.

Mariana disse...

Que tecido você usou?
Pretendo tentar fazer umas etiquetas.. "/

Obrigada

CLAUDIA disse...

OLÁ CLAUDIA, ADOREI A DICA DE IMPRESSÃO EM TECIDO.APÓS A IMPRESSÃO DEVO LAVAR O TECIDO IMPRESSO COM DETERGENTE???
UM GRANDE ABRAÇO
CLAUDIA REGINA
claudiaregina.desalvo1@gmail.com

Juliana disse...

Olá cláudia. Adorei esta dica. me diz uma coisa por gentileza. Qual tipo de tecido mais indicado? por qual nome devo procura-lo em casas de tecido. Muito Obrigada. Bjos Jú

CLAUDIA disse...

OI JU...
OLHE, NA VERDADE EU USEI UM TECIDO DE ALGODÃO BRANCO ( ESTES QUE A GENTE USA EM PATCH).
DEIXEI DE MOLHO EM AMACIANTE DE ROUPAS POR UMA NOITE.
NO DIA SEGUINTE , ESTENDI NO VARAL PRÁ SECAR BEM!!!!!
PASSEI A FERRO.
RECORTEI O TECIDO EM TAMANHO MENOR QUE UMA FOLHA DE A 4 , COLEI SUAS BORDAS COM FITA CREPE, PARA O TECIDO FICAR BEM ESTICADINHO!
COLOQUEI NA IMPRESSORA ( A MINHA É HP) E MANDEI IMPRIMIR....
DEIXEI SECAR POR MAIS UM OU DOIS DIAS.....
PASSEI DE NOVO, DE AMBOS OS LADOS DO TECIDO PRA FIXAR A TINTA.....
AÍ , POR MINHA CONTA, PASSEI TERMOLINA POR SOBRE TODO O TECIDO COM AS GRAVURAS.ASSIM, EVITA DE O TECIDO DESFIAR...
CORTEI AS ETIQUETAS E COSTUREI NO TRABALHO...
POR ENQUANTO TÁ DANDO CERTO!!!!!!!!
BJÃO AMIGA
CLAUDIA REGINA

Anônimo disse...

Olá pessoal! Gostei de ver a criatividade de vocês; prazer em conhecelas.
Agora, permita-me tornar essa idéia um pouco mais empreendedora?
Pois bem, vamos la!
Sempre que usarem um tecido para imprimir é bom se lembrar de ulguns detalhes importantes como, por exemplo: ser 100% ou no mínimo 80% de algodão; outra coisa é que ele precisa ter a trama bem fechada e no caso das flanelas isso deve ser levado em conta.
O passo seguinte é adquirir uma cola especial chamada pemanente de uso serigráfico, e passa-la com um pincel macio de leve e uniformemente em um dos lados de um ou mais papeis couche 120 g. A4, e deixar secar por uns 20 minutos, podendo acelerar sua secagem com um secador.
Feito isso, passe bem o tecido até ficar firme e liso, aí coloque o papel com o lado da cola sobre o mesmo, que deverá estar um pouco maior, fixando bem e uniformemente.
Em seguida, corte o tecido na medida exata do papel A4, isso com um stillete e régua de aço, sobre uma mesa de vidro - um detalhe, os papeis terão utilidade para até três usos, razão pela qual é bom ter sempre a mais no caso de uma produção maior.
Agora é só imprimir numa impressora cuja tinta, deve ser pigmentada, por ter maior resistência e performance, de preferência em impressoras epson/durabrite, pois elas ainda nos dão condições de imprimir até 1 metro de comprimento. É bom configurar a impressão no modo foto, porém para papel normal. O resultado já impresso, depois de secar por um dia, virá ao se passar bem o ferro usando se um papel chaméx por cima. Maravilha não é mesmo?!
Pode-se com isso, pruduzir alguns trabalhos lucrativos como:
- Flanelinhas para óticas.
- Brindes/flanelas pra oficinas e postos para limpar veículos.
- No caso de se imprimir 1 metro, produzir cordões para crachás ao juntar e colar pela face interna com cola especial, dois tecidos impressos e depois cortar as tiras com stillete e régua de aço, isso sobre uma mesa de vidro.
- Produzir também, capas impressas em tecidos para livros encadernados
- Fitas pulseiras com mensagens.
- lencinhos personalizados.
- Etiquetas para confecções, desde que o tecido seja em malha puro algodão fio trinta para não desfiar.
- Bolsos.
- Partes de bonés antes de ser fehado.
Enfim, até onde sua imaginação empreendedora lhe conduzir. E boa sorte!

Abraços! Renê.

CLAUDIA disse...

MUITO GRATA PELAS DICAS...
SÃO ÓTIMAS
GRANDE ABRAÇO
CLAUDIA REGINA

Anônimo disse...

Renê! Que dica preciosa! Grata, amiga! Eliane

AMO IMPRESSAO disse...

A Empresa Isoliner apresenta solução para imprimir direto no tecido, mas tem apenas formatos em bobinas e busca parceiros para fazer distribuição em pequenos formatos. Tem tecido ISO ART Pet(com pet e algodão reciclado), tem tecido ISO Art pet 100% reciclado, tem brim, tem fibra,etc.o site é www.isoliner.com.br

AMO IMPRESSAO disse...

o tecido Iso brim fica Lindo em Impressora Laser colorido !

sandra disse...

nossa! quanta gente inteligente amei esse blog!parabens pela iniciativa